quinta-feira, 3 de maio de 2012

HISTÓRIA DE SANTA QUITÉRIA

CONHECENDO A NOSSA PADROEIRA

Segundo consta do hagiológio português e na história de Braga, Quitéria foi uma das nove filhas nascidas de parto único de Cálsia Lúcia, mulher de Lúcio Caio Otílio, governador de Portugal e Galiza sob o Império Romano, no século II da nossa era. Quitéria nasceu no ano de 120, em Braga, na região do Minho, por ocasião em que seu pai acompanhava o imperador romano Adriano em viagem pela Península Ibérica.
Naquela época predominavam as superstições, a ponto de represália do marido, homem de procedimento muito rígido, instruiu a parteira de nome Cília que matasse as nove crianças. Mas, movida pelos sentimentos cristãos de piedade e amor ao próximo, Cília desobedeceu à patroa entregando as meninas ao arcebispo de Braga, Santo Ovídio, que as batizou e encomendou o seu cuidado e educação a diversas famílias cristãs.
E os anos se foram, quando surgiu uma violenta perseguição contra os cristãos, pelos romanos. As nove irmãs acabaram por ser levadas à presença do Cônsul, exatamente, o seu pai Lúcio Caio. Aí chegadas, revelaram ao espantado pai toda a verdade. A mãe confessou, o pai perdoou e recebeu-as nos seus domínios. Por todos os meios tentaram os pais, a partir daí, afasta-las da religião cristã. No entanto sem sucesso, pois as nove acabaram por fugir do palácio real. Apenas uma foi encontrada, Quitéria, e de novo levada à presença de seu pai, que a partir daí se tornou mais tolerante no respeito pelas práticas religiosas de sua filha. Nova fuga ocorreu quando Lúcio Caio se preparava para obrigá-la a casar com o nobre rapaz de nome Germano.
Por querer uma vida consagrada a Deus, ela fugiu novamente, por isso, recebeu de seu pai a cólera implacável da tirania, mandando martirizar a própria filha. Otílio condenou-a a morte, cuja execução foi perpetrada pelo próprio Germano no dia 22 de Maio do ano de 135. Quitéria estava com 15 anos de idade.
Conta-se que os soldados que a prenderam ficaram cegos. Diz ainda a tradição que após ter a cabeça decepada, Quitéria tomou em suas mãos e caminhou até a cidade vizinha onde caiu e foi sepultada.
Santa Quitéria é invocada contra angústia, depressão, mordida de cachorro, e raiva do gado.
Santa Quitéria, rogai por nós.

4 comentários:

  1. Belíssima história! Fiquei comovida!! Santa Quitéria, rogai por nós!

    ResponderExcluir
  2. Belissima mas muito triste.

    ResponderExcluir
  3. Realmente uma historia muito triste e comovente!!!!!!
    Santa Quitéria rogai por nós !!!!!!!!

    ResponderExcluir
  4. Todos os santos sofreram muito principalmente os mais antigos que sofreram muitas torturas. Os santos da época presente são santificados pelas boas obras, pela vida dedicada aos pobres e necessitados, pelos doentes carentes etc como Pe. Pio, Ir. Teresa de Calcutá, Ir. Dulce e outros.

    ResponderExcluir

Conheça o Padre!

Conheça o Padre!
Livros, CDs e DVDs

PROGRAMA NA RÁDIO CULTURA AM

PROGRAMA NA RÁDIO CULTURA AM
Ouça o Programa, clicando aqui!

Secretaria Paroquial

Secretaria Paroquial